41 3068-8271 | 41 3068-8286 [email protected]

Neste post a 1ST-First Pneus Centro Automotivo trás uma reportagem do site terra que trata de dicas sobre troca de oleo para seu veiculo. Na First Pneus você encontra as melhores marcas para Lubrificante – Havoline, Petronas, Lubrax, Ipiranga Mobil e outras.

1 – Troca

Ela deve ser feita quando atingir o período recomendado pelo fabricante. Essa informação está bem clara no manual do proprietário. Se você ainda não sabe, consulte o manual. Além do prazo, lá consta o tipo de óleo e quantos litros devem ser usados. Quase todas as montadoras recomendam antecipar a troca de óleo em carros com “uso severo”. Isso vale, principalmente, para veículos que andam muito em engarrafamentos.

2 – Completar o nível

Com o uso do carro, o nível do óleo tende a baixar um pouco devido às folgas do motor e à queima parcial na câmara de combustão. Assim, enquanto não chegar a hora da troca do óleo, deve-se completar o nível. Não há nada de errado nisso. Dependendo do modelo, as montadoras consideram normal baixar até um litro de óleo a cada 1 mil quilômetros rodados.

3 – Local

O óleo do carro deve preferencialmente ser trocado num posto ou oficina. A medição do nível deve ser feita em um local plano e com o motor frio, preferencialmente após 10 minutos do carro parado. Se o nível estiver entre o mínimo e o máximo, não há necessidade de completar.

4 – Temperatura do motor

Para a retirada do óleo na hora da troca, é bom o que o motor esteja quente. Assim, o óleo ficará mais fluido e fino.

5 – Filtro

Sempre que trocar de óleo, troque também o filtro de óleo.  Isso irá garantir que seu motor não fique impregnado por impurezas.

6 – Óleo preto

Esqueça aquela história de que óleo preto significa que está velho. Pelo contrário, se está preto é porque está lubrificando corretamente. O que vale são os prazos de troca que constam no manual do proprietário.

7 – Óleo velho

Sim, óleo fica velho. Caso o motorista rode pouco e não alcance a quilometragem estipulada para a troca, precisa substituir o lubrificante após seis meses. Depois desse prazo, o óleo velho pode prejudicar a bomba de óleo, que é a responsável por manter em dia a lubrificação do motor do carro.

Fonte: http://economia.terra.com.br/carros-motos/meu-automovel/saiba-sete-dicas-para-nao-errar-com-o-oleo-do-carro,14895f6f62013410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html