0 Item

Teste de pneus da maiores fabricantes do mundo. A First Pneus trás para você um reportagem elaborada pelo Site Auto Express.

A Auto Express realizou um teste com diversos modelos de pneus que temos disponível hoje no Brasil. Acompanhe abaixo:

Escolher pneus foi facilitado pela etiqueta de desempenho hoje obrigatório. Mas se você deseja ter uma noção completa do desempenho dos pneus, você precisa ver este teste.

Desde 2012(no Brasil desde outubro de 2016), os fabricantes de pneus tiveram que testar seus produtos para aderência em piso molhado, resistência ao rolamento (chave para a economia de combustível) e ruído passivo para definir critérios e, em seguida, publicar os resultados em rótulos fáceis de entender semelhantes aos vistos em geladeiras e máquinas de lavar roupas. No entanto, a  Auto Express, analisou para você nove critérios, e não três, incluindo o ruído de cabine mais relevante, e mostrou resultados em um ponto percentual em vez dos gráficos dos rótulos.

Enquanto a pesquisa mostra que os motoristas do Reino Unido prestaram menos atenção aos rótulos do que os motoristas europeus, eles tiveram um enorme impacto na indústria. Nosso teste de 2014 é uma prova. Foi avaliado o pneu 205/55R16 vendido em grande escala, encontrado em muitos carros familiares de tamanho médio, desde os anos 2000, e continua sendo muito utilizado. O campo de provas de 2014, também é novo, é o Applus IDIADA, perto de Barcelona, ​​na Espanha. Com o apoi da Hankook que também teste nesta pista foram realizados os testes.

Os pilotos da Auto Express realizaram todas as provas inclusive as que requerem habilidades especializadas, como o aquaplanagem. A equipe de prova de terra fez o teste de ruído da cabine e a resistência ao rolamento foi medida na base de R & D coreana da Hankook. E todos os pneus foram comprados no mercado atacadista depois que os fabricantes nomearam seu modelo mais adequado para garantir que o pneu testado é o que você pode comprar.

Então, depois de centenas de voltas e paradas de emergência, qual é o pneu que você deve escolher?

Todos os pneus eram a popular medida 205/55R16, com uma classificação de peso (índice de carga) de 91 ou 94 e classificações de velocidade de V (até 150 240km/h) ou W (até 270 km/h). As classificações das etiquetas do pneu são medidas de A (melhor) até G (pior) na resistência ao rolamento (RR) e na aderência em piso molhado (WG), com ruído de passagem (N) em dB – quanto menor, melhor.

  1. Dunlop Sport BluResponse 91 V
    Classificação – RR: B WG A  N:68
  2. Goodyear EfficientGrip Performance 91 V
    Classificação – RR: B WG A  N:68
  3. Pirelli Cinturato P7 Blue 94 V
    Classificação – RR: B WG:A   N:72
  4. Hankook Ventus Prime 2 K115 91 V
    Classificação – RR: E WG:A N:69
  5. Continental Conti-PremiumContact 5 91 V
    Classificação – RR:C WG:A  N:71
  6. Bridgestone Turanza T001 91 V
    Classificação -RR:C      WG:B   N:71
  7. Michelin Primacy 3 91 V
    Classificação -RR:C WG:A   N 69
  8. Vredestein Sportrac 5 94 V
    Classificação -RR: C WG: BN: 70
  9. Toyo Proxes T1 Sport 94 W
    Classificação -RR: E WG: BN: 71
  10. GT Radial Champiro UHP1 94 W
    Classificação — RR: E WG: BN: 72

Melhores pneus 2014 – como funciona o teste:

Como chegou-se ao veredicto de especialistas em 10 dos pneus mais vendidos do Reino Unido

Escolhendo o campeão

Avaliamos cada pneu em nove categorias, mais preço. O vencedor de cada teste é avaliado em 100 por cento, com o restante em relação a isso, como mostra a tabela de resultados de cada pneu.

Para garantir que as diferenças de desempenho sejam bastante refletidas, foram ponderados os resultados quando somadas as pontuações. Isso significa testes como a resistência ao rolamento – onde a diferença entre o pneu melhor e o pior desempenho pode ser enorme – contabilizar tanto quanto o manuseio a seco, o que pode ser muito próximo. A exceção é o preço.

Dirigibilidade em piso molhado

O circuito de piso molhado da IDIADA é de 1.500 metros contorna áreas com árvores e pedras para realmente testar os pneus. A superfície úmida de 1 mm de profundidade combina voltas rápidas, mudanças de direção rápidas e curvas fora da curvatura com abundância de derrapagens. Nossos resultados são retirados de uma média de tempos de volta.

Curvas molhadas

No circulo molhada de asfalto de 27,5 metros, o grip(aderência) de um pneu é testado, sem que o aquaplane ou destracione. O veiculo é aceleramos, andando na parte interna do círculo, até a frente do carro começar a empurrar para longe. São testadas até 10 voltas, para obter uma para alcançar o veredicto final.

Frenagem no molhada

Mais de 100 paradas de emergência compuseram este teste, que mediu a distância percorrida de 80 km/h até 5 km/h, eliminando as variações nos últimos poucos metros de parada. O ABS foi acionado de um só vez, e novamente foi calculada uma média para chegar a um resultado.

 

Dirigibilidade em pista seca

O circuito de testes com pista seca da IDIADA dá aos pneus exercícios com voltas longas que revelam se há falta de equilíbrio ou resposta. Há curvas mais apertadas, além de mudanças de elevação para manter os pilotos ligados. O resultado é baseado em tempos de volta e, como em todos os testes de trilha, usamos um pneu de controle para monitorar as mudanças.

Frenagem em pista seca

O teste de frenagem em pista seca requer menos paradas do que no molhado, pois os resultados são mais consistentes – mesmo assim ainda foram feitos cerca de 100. O veiculo entra na faixa de frenagem em torno de 105 km/h, acertamos os freios e medimos de 100 km/h a 5 km/h. Resultados extremos foram eliminados e uma média retirada do restante para encontrar um vencedor.

Aquaplanagem

O teste de frenagem molhada é realizado em 1mm de água, mas o aquaplaning é feito em cerca de 6mm. Ele mede a velocidade quando o pneu já não pode limpar a água sob o piso. Sob uma aceleração forte, a velocidade em que as rodas dianteiras direcionais giram 15 por cento mais rapidamente do que a traseira é medida. É apurada a média do resultado.

Aquaplanagem em curva

Tal como acontece com o teste de aquaplaning direto, a pista  é inundada com 6mm de agua, e serve para classificar a capacidade de um pneu para dispersar a água sob o piso, mas desta vez com os sulcos deformados pelas curvas. Um medidor de força G é usado para medir a perda de aderência quando o carro começar a deslizar para o canto conforme a velocidades vai aumentando.

Resistência ao rolamento

Os pneus foram enviados para o centro de P & D da Hankook na Coréia do Sul para este teste, que é a chave para o consumo de combustível. Feito conforme os padrões da indústria, ele mede a facilidade com que um pneu carregado rola. Quanto menor a resistência, menos combustível precisava para movê-lo ao longo da estrada. Como um guia aproximado, um corte de cinco por cento na resistência ao rolamento dá uma queda de um por cento no consumo de combustível.

Ruído da cabine

Embora o teste de ruído passivo das etiquetas dos pneus seja útil para o meio ambiente e aqueles que vivem perto de estradas movimentadas, ele não possui um vínculo direto com o ruído dentro do veiculo, o que é uma grande preocupação para muitos motoristas. Nosso teste mediu o ruído na altura da cabeça do motorista quando executado em asfalto áspero e suave, com uma média retirada novamente.

Preço

O preço desempenhou um papel menor no ranking geral, pois os pneus são itens de segurança. Mas os varejistas on-line transformaram a maneira como os motoristas compram pneus, permitindo comparações rápidas de preços – e nossos preços eram da lovetyres.com.